Oferta!

Esporão Esporão Reserva Tinto 2017

Foi com este vinho que a Herdade do Esporão começou escrever a sua história. Editor Onivino

“Tal como acontece com seus irmãos, mantém uma bela sutileza no meio do palato. Nunca é gordo ou lembra geleia. Ao contrário de alguns deles, tem um frutado intenso, e também há um pouco de carvalho doce no ataque. A fruta é envolta pela bela estrutura, porém, contida por um final seco e focado. Isso é muito bem feito, sofisticado e estruturado, enquanto permanece focado na fruta. É um estilo bem diferente e mais sexy que o Aragonez Canto do Zé Cruz (2014) nesta edição, que seria um dos meus favoritos.”

90 Pts Mark Squires, RobertParker.com 

Fora de estoque

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
REGIÃO & PAÍS
ALENTEJANO PORTUGAL
PRODUTOR
ESPORÃO

Sobre o produto

Vermelho rubi intenso. Exibe notas de frutos silvestres e compotas de mirtilo, envoltos em café, pimenta do reino e um leve aroma torrado do barril. Na boca é intenso e denso, mas com taninos robustos, conferindo-lhe estrutura e complexidade e sugerindo bom potencial de envelhecimento em garrafa.

Os tipos de solo são de origem de granito / xisto com estrutura argila / franco. E as variedades de uva: Alicante Bouschet, Aragonez, Trincadeira, Cabernet Sauvignon. Cada casta é colhida separadamente, a fermentação alcoólica acontece em cubas de inox, cubas de concreto e pequenos lagares de mármore. Estagia por 12 meses em barricas de carvalho americano (60%) e francês (40%). Após o engarrafamento, o vinho estagiou 8 meses em garrafa.

Foi o primeiro vinho a ser produzido pelo Esporão em 1985. Um vinho clássico feito exclusivamente com uvas da Herdade do Esporão, apresenta a consistência e a personalidade próprias do terroir único de onde provém.

A viticultura empregada envolve métodos de produção integrados que se baseiam na racionalização dos recursos naturais e na utilização da regulação natural, contribuindo assim para uma agricultura sustentável e com produção de melhor qualidade.

HERDADE DO ESPORÃO

A pouco mais de 170 quilómetros a sudeste de Lisboa, perto da histórica cidade de Reguengos de Monsaraz, encontramos uma paisagem típica da região do Baixo Alentejo. Integrada no ecossistema do montado do Alentejo (floresta de sobreiro), em Portugal, a Herdade do Esporão apresenta condições extraordinárias para a agricultura - grandes amplitudes térmicas, solos pobres e diversos e uma biodiversidade extraordinária que ajuda a produzir em equilíbrio com o ambiente. Com 691,9 hectares de vinhas, olivais e outras culturas cultivam com métodos biológicos. São plantadas cerca de 40 variedades de uvas, 4 tipos de azeitonas, pomares e hortas.

Os limites geográficos da Herdade do Esporão (originalmente Defesa do Esporão) só foram estabelecidos em 1267, e têm-se mantido praticamente inalterados desde então, apesar de terem sido palco de batalhas sangrentas e feitos heroicos ao longo de quase nove séculos.

Soeiro Rodrigues, o juiz da cidade de Évora, foi o primeiro de muitos proprietários, entre os quais Santiago Rodrigues de Vasconcelos, o Morgado D. Álvaro Mendes de Vasconcelos (que construiu a Torre do Esporão) e os condes de Alcáçovas, que mantiveram a propriedade até 1973, ano em que foi adquirida por José Roquette e Joaquim Bandeira.

Em 1985, a primeira vindima viu a criação da marca Esporão e o primeiro vinho produzido pela então Finagra, S.A. Em 1989, o vinho começou a ser exportado para o que hoje é mais de 50 mercados internacionais.

Oito anos depois, o Esporão entrou no negócio do azeite com a aquisição da SPAZA (Sociedade Produtora de Azeites do Alentejo) - agora Esporão Azeites.