Cava, Prosecco, Champagne, é tudo a mesma coisa? Essa é uma dúvida muito comum e muito compreensível afinal, Prosecco, Cava e Champagne, todos são espumantes, mas cada um tem suas particularidades, como a região onde são produzidos, as uvas, entre outras (tudo bem regulamentado na legislação). Calma, parece complicado, mas depois de chegar ao final do texto será um pouco mais fácil entender essas nomenclaturas.


O que é Espumante?

Os vinhos espumantes são aqueles em que há presença de gás, o dióxido de carbono -as famosas bolhas (ou perlage). São vinhos borbulhantes. E antes de responder a nossa pergunta inicial, é importante saber que são dois os principais métodos de produção de um espumante: o Champenoise (também chamado Clássico ou Tradicional) e o Charmat (também chamado tanque). O método Champenoise é aquele em que a segunda fermentação (onde surgem as bolhas) acontece na própria garrafa. É um processo longo e com muitas fases e que normalmente acrescenta ao espumante grande complexidade, graças ao contato com as leveduras. Já no método Charmat, a segunda fermentação ocorre em tanques fechados e pressurizados (autoclaves). É um processo mais rápido e mais barato e produz normalmente espumantes mais leves, mais frutados e mais frescos com poucas notas de leveduras. 


Agora voltamos à pergunta inicial, se todos são espumantes, por que eles têm nomes diferentes? Bem, cada denominação é protegida e representa um espumante de uma determinada região. O Champagne por exemplo, é um espumante que só pode ser feito na região de mesmo nome, a Champagne, lá na França, com as uvas Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Meunier. Caso esse espumante seja produzido em outra região da França, também pelo método Clássico, terá o nome de Cremánt. São muitas as regiões da França que produzem Cremánt, como Loire, Bordeaux, Alsácia, entre outras.

E o Cava?

Bem, o Cava é um espumante produzido pelo mesmo método do Champagne, o método clássico, na região do Penedès, na Espanha. Normalmente utiliza as uvas nativas, Macabeo, Xarel-lo e Parrelada mas também pode usar a Pinot Noir e a Chardonnay. O Cava é um espumante complexo, mas que costuma ter um preço bem mais atraente que o Champagne.


Já o Prosecco, muito querido dos brasileiros, é um espumante produzido na região do Vêneto, na Itália. O método utilizado é o Charmat e a uva é a Glera. Costuma ser um espumante leve, bem fresquinho e frutado. Na Itália também é produzido o Franciocorta, pelo método clássico. O mundo inteiro produz espumantes, mas em alguns lugares, como é o caso do Brasil, não temos um nome específico.

Bem, espero que tenha dado para entender um pouco a diferença entre o Deus vários espumantes pelo mundo. E me diz, bateu aquela vontade de beber uma tacinha de espumante? Então confere nossa seleção incrível de espumantes e garanta já os seus!

Por Maria Paula Almeida – sommelière 

Produto em promoção
Claudi O’Nor Brut
3.6

GANHE 10% OFF

Se inscreva para receber nossa newsletter diária e ganhe 10% off na primeira compra!

*clicando em enviar você concorda em receber nossos envios de email marketing.