Oferta!

Era dos Ventos Clarete 2020

“E sim, o melhor tinto brasileiro” Guia Descorchados

As uvas do corte não são mencionadas pela vinícola, mas o resultado é surpreendente.- Editor Onivino

“Uma pequena homenagem da Era dos Ventos ao estilo clarete espanhol, esse vinho feito com uvas brancas e tintas (quatro uvas tintas e duas brancas) com teor alcóolico muito baixo (11.8% tem esse clarete). E a homenagem acaba muito bem. É um tinto claro, quase um rosé corpulento, generoso nos sabores de fruta, ligeiramente adstringente na textura e com uma acidez crocante e suculenta. Eles deveriam comprar este vinho em caixas para bebê-lo fresco todos os dias. E sim, o melhor tinto brasileiro em Descorchados este ano é este, um vinho simples, sem ser bombástico, mas com frescor e com clareza frutada, algo que não é fácil encontrar na cena brasileira hoje.”

93 Pts Descorchados

Fora de estoque

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
REGIÃO & PAÍS
RIO GRANDE DO SUL BRASIL
PRODUTOR
ERA DOS VENTOS
UVA
BLEND SEGREDO
SAFRA
2020
TEOR ALCÓOLICO
11,8%
VOLUME
750ML
MATURAÇÃO
FERMENTADAS EM BARRICAS ANTIGAS DE CARVALHO E DEPOIS A FERMENTAÇÃO É FINALIZADA EM TANQUES DE AÇO INOX

HARMONIZAÇÃO
CARNE BRANCAS, CARNE DE PORCO ASSADA, PATO ASSADO OU COGUMELOS

Sobre o produto

Como destemidos artesãos o casa de viticultores Luís Henrique e Talise Zanini estão produzindo vinhos brasileiros de admirável personalidade. A era dos Ventos nasce do desejo de resgatar a alma do vinho por métodos ancestrais e valorização de uvas quase extintas.

Os vinhos laranja, como são chamados os vinhos brancos de maceração, são vinhos brancos que são fermentados junto com as cascas para conferir mais corpo e estrutura. Essa técnica que virou moda entre os produtores do mundo e a Era dos Ventos foi pioneira dessa técnica nos vinhedos brasileiros.

Vinho

As uvas usadas nesse corte não são mencionadas pelo produtor, mas todas as uvas vêm de seus vinhedos próprios e é usado um método antigo de vinificação antigo onde as uvas brancas e tintas são vinificadas juntas e também são fermentadas em barricas antigas de carvalho e depois a fermentação é finalizada em tanques de aço inox. O vinho é engarrafado com 11,8% de volume alcóolico.

Clarete é um termo que pode ter surgido em Bordeaux na idade medieval quando os vinhos eram bem claros. Podemos considerá-lo um meio termo entre um rosé e um tinto.

Nota de prova

A surpreendente cor rosada, um tom de casca de cebola. Os aromas de frutas frescas, cerejas, morangos e framboesas são escoltados por um belo floral de rosas e um toque de couro. Na degustação o destaque vai para a acidez que está muito bem integrada e os sabores de frutas vibram com um tanino muito fino e bem maduro. O frescor é espetacular e tem um final longo.

Harmonização

Podemos harmonizar esse vinho com frutos do mar ou uma carne magra. Fica muito bom também com carne de porco e pato. Seguindo a filosofia da vinícola podemos harmonizar com pratos veganos e vegetarianos com base de cogumelos e saladas verdes com frutas no verão.