Oferta!

Haras de Pirque Chardonnay Reserva 2018

Chardonnay “crocante”, mas também, rico e cremoso. Perfeito para os dias quentes de verão. – Editor Onivino

Um Chardonnay bastante austero, com um nariz tímido, mas na boca sabores ricos, concentrados, aliados a uma acidez firme e suculenta. Esta acidez confere-lhe uma dimensão mais exuberante e um final que se abre para o lado floral e deixa um sabor agradável. A textura é cremosa, a acidez continua até o final, sempre firme e crocante. Provém da zona de Lo Ovalle, na Baixa Casablanca, de uma vinha plantada entre colinas por volta do ano 2000.

92 Pts Descorchados

Fora de estoque

Características

TIPO DE VINHO
BRANCO
UVA
CHARDONNAY
SAFRA
2018

Sobre o produto

Chardonnay de amarelo dourado. O nariz é caracterizado pelos aromas varietais típicos de flores brancas e notas de toranja. Na boca é agradavelmente macio e é sustentado por um frescor saboroso e vibrante.

As uvas de parcelas individuais do vinhedo são vindimadas manualmente. O mosto foi fermentado em tanques de aço inoxidável e, em parte, em pequenas barricas de carvalho francês de 225 litros de capacidade. Após um período de contato com as borras, os vários lotes foram misturados e o vinho engarrafado.

Os vinhedos estão localizados ao sul do rio Maipo, entre 550 e 660 metros acima do nível do mar, no sopé norte da Cordilheira dos Andes. A posição das vinhas e o relevo do terreno determinam uma diferença de temperatura superior a 20 ° C entre o dia e a noite. O solo onde as vinhas são plantadas é de origem aluvial: a sua formação é provocada pela erupção vulcânica da zona, o que explica a grande variabilidade nas texturas e estruturas dos solos, sendo a argila a mais predominante.

Em 2006, a propriedade começou a desenvolver a gestão orgânica dos vinhedos Maipo-Andes, o que foi concluído em 2016. Hoje todas as uvas e vinhos de Pirque são orgânicos, certificados pelo instituto CERES, o que significa que em seu processo de produção apenas produtos ecologicamente amigáveis ​são usados. O manejo do solo é feito exclusivamente por máquina sem o uso de herbicidas, enquanto a fertilização é feita com compostagem natural. Por sua vez, os vinhos fermentam parcialmente com leveduras naturais selecionadas da vinha, garantindo que as características da envolvente se refletem nos vinhos.

 

 

A municipalidade de Pirque, no Alto Maipo, é a casa desta vinícola que pertencia à família Matte, mas que hoje pertence aos italianos da Antinori. Conhecida pelos icônicos, Tignanello, Solaia, e tantos outros vinhos memoráveis, mantem seu forte vinculo com o vinho desde o século XIV. Haras de Pirque foi fundada em 2000, e conta com a enóloga Cecilia Guzmán desde a sua fundação. A empresa possui 100 hectares de vinhedos e uma vinícola conhecida por sua arquitetura particular, que simula uma ferradura.