Oferta!

San Marzano Cinquanta Collezione MV

Cinquanta, é um blend de safras e uvas para celebrar as melhores características da região – Editor Onivino

Decanter World Wine Awards 2015 – Medalha de Prata

Berliner Wein Trophy 2015 – Medalha de Ouro

International Wine & Spirit Competition Awards 2015 – Medalha de Prata Excepcional

Vermelho rubi com reflexos roxos; bouquet intenso e complexo com notas frutadas atribuíveis a ameixa e compota, e notas picantes que lembram baunilha e alcaçuz; intenso na boca, com grande estrutura e maciez, final longo.

 

Em estoque

UNIDADE 0% OFF R$ 317,90
R$317,90

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
PRODUTOR
SAN MARZANO
UVA
PRIMITIVO

Sobre o produto

San Marzano, Salento, Puglia, cerca de 100 metros acima do nível do mar. Solo com composição de argila, raso e com boa drenagem. Vinhas cultivadas em goblet (4.500 videiras por hectare).

Vindima manual de uvas ligeiramente maduras seguida de fermentação alcoólica com leveduras nativas em inox seguida de estágio em barricas de carvalho francês durante 12 meses.

O Collezione Cinquanta é um vinho especial feito para a comemoração dos 50 anos da vinícola San Marzano. Fundada em 1962, a vinícola se tornou um dos maiores nomes da Puglia, no sul da Itália, tornando-se a principal embaixadora da região, e levando suas castas autóctones para todos os cantos do mundo. Foi por isso que, para comemorar o seu quinquagésimo aniversário, produziram um vinho com 100% do DNA da Puglia, feito a partir de um corte das duas mais importantes uvas locais: a Negroamaro e a Primitivo. Diferentemente de outras linhas da vinícola, que possuem denominação de origem controlada, a equipe responsável optou por não utilizar nenhuma indicação geográfica neste rótulo, que foi lançado como um Vino Rosso da Tavola, ou seja, um típico vinho de mesa "pugliese". Essa escolha não foi feita por acaso. Caso quisessem produzir o vinho dentro das denominações de origem da região, precisariam seguir uma série de normas rigidamente definidas, o que tiraria a liberdade de produzir um vinho autoral. Outro motivo a mais pelo qual o Cinquanta não é um IGT ou uma DOC, é que dentro destas denominações é obrigatório especificar as safras dos vinhos, mas ele é, na verdade, um "blend" de safras. Para o corte, foram escolhidas as melhores produções de Primitivo e de Negroamaro dos anos de 2010, 2011 e 2012.