Oferta!

Viñedos de Alcohuaz Grus de Alcohuaz Mezcla Tinta 2016

Com o Viñedos de Alcohuaz com o trabalho de Retamal, estabeleceu-se um novo momento de transição para o Chile.- Editor Onivino

“O Grus 2016 é uma mistura de uvas, altitudes (1.720 e 2.200 metros) e locais dentro de Alcohuaz. Basicamente, contém as uvas que não são utilizadas para nenhum dos outros vinhos. Em geral, os blends são todos à base de Syrah, com Garnacha complementada por algumas outras uvas. Na safra legal de 2016, o blend é 56% Syrah, 21% Garnacha, 14% Petite Sirah e 9% Petit Verdot. Todas as variedades, exceto o Garnacha fermenta com leveduras indígenas em piscinas de lagar de topo aberto. Este 2016 envelheceu em partes iguais em cubas de concreto ovais de 2.500 litros e foudres de carvalho de 1.600 litros por 12 meses, mas a tendência é retirar os foudres desse blend. É expressivo e floral, com toque carnudo e paladar medianamente encorpado, macio e texturizado com grande equilíbrio. O ano é muito evidente no vinho, ainda que os teores de álcool sejam semelhantes aos de 2017 — provei este próximo ao de 2017, e foi como dia e noite. Excelente.””

93 Pts Robert Parker

“Esta, a terceira safra de Grus, é 68% syrah, 14% garnacha, 10% petite sirah, com um pouco de petit verdot e malbec. É tenso, com estrutura poderosa e talvez muito mais maduro, mas também tem uma acidez dura e robusta.”

Descorchados – 92 Pts

Fora de estoque

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
PRODUTOR
VIÑEDOS DE ALCOHUAZ
UVA
BLEND
SAFRA
2016

Sobre o produto

GRUS 2016 é um blend de Syrah (56%) Grenache (21%) Petite Sirah (14%) e Petit Verdot (9%). Este ano foi marcado por um inverno frio e um verão seco, resultando num vinho mais picante, com algumas notas defumadas e muito boa acidez na boca. Em outubro de 2015 ocorreu uma geada que atingiu os -2,8ºC e afetou a vinha. A produção foi muito baixa, mas de ótima qualidade. Estagio de 22 meses em 2.500 lts. foudres de carvalho e ovos de concreto. (informação oficial do site da vinícola)

Fruto da parceria entre o empresário Álvaro Flaño e o respeitadíssimo enólogo da vinícola De Martino, Marcelo Retamal, Viñedos de Alcohuaz nasce como um dos projetos mais ousados ​​do Chile. Nas montanhas do Vale do Elqui, a 2.000 metros de altura, Flaño em função de seu apreço pelo lugar plantou diferentes cepas em 2005 para ver como elas respondiam a essas condições extremas de sol e aridez. Alguns funcionaram bem, como o Syrah, cujas frutas ele vende para De Martino desde 2008 para seu aclamado vinho Alto Los Toros. Motivado pelos bons resultados daquele vinho e pelo próprio Retamal, Flaño foi incentivado a construir a sua própria adega em 2010. A adega também é peculiar, com lagares de pedra tanques e ovos de concreto e ânforas. Seus principais vinhos são dois blends tintos à base de Syrah: Grus e Rhu, o Syrah Tococo e o Garnacha Cuesta Chica, ambos de produção mais limitada. A vinícola possui 17 hectares.