Oferta!

Vipava Lanthieri Sivi Pinot 2018

Decanter 2019 – Medalha de Prata

Simplesmente delicioso. Tem uma tonalidade dourada linda. Muito saboroso e leve. Ótimo Pinot Gris. Não é simples, mas caso encontre não perca a oportunidade de comprar-lo. Não sou o maior fã de vinhos brancos então isso tem um peso ainda maior.
4.2 Usuário Vivino

Amarelo dourado com tons de cobre. Rico e complexo com notas cítricas e frutas brancas de caroço. Notas claras de toranja, nectarina e flores de amêndoa. Médio encorpado, cheio no palato. Com rica sensação e aroma duradouro. Bem equilibrado.

Peixes e frutos do mar são combinações clássicas com Pinot Gris. Acompanha bem queijos cremosos, aves assadas, massas fáceis de verão.

Em estoque

PACK COM 6 UN 34% OFF R$ 199,00
R$132,05 (UN)
UNIDADE 30% OFF R$ 199,00
R$139,00

Características

TIPO DE VINHO
BRANCO
PRODUTOR
VIPAVA
UVA
PINOT GRIS
SAFRA
2018

Sobre o produto

A uva foi colhida manualmente e depois do desengace permaneceu por um curto contato com a pele. Após suave prensagem, a fermentação ocorreu de forma espontânea, parcialmente em barricas de madeira e parcialmente em cubas de inox. O vinho foi amadurecido sobre as lias por um ano antes do engarrafamento.

A fim de manter o potencial aromático e o caráter frutado da Pinot Gris, os viticultores plantam suas vinhas nas camadas mais baixas do vale, onde as temperaturas são mais frias durante a noite.

A vinícola se encontra na região vinícola de ‘Vipavska Dolina’, onde o sul do Mediterrâneo e a Europa continental se unem. A filosofia é a de produzir vinhos com carácter autêntico e com uma expressão fiel de suas origens com as uvas produzidas pelos cerca de 350 produtores de uvas. Por gerações, estes produtores locais de uvas orgulhosamente cultivaram e cuidaram da paisagem cultural única do vale. A Vinícola também foi chave para o desenvolvimento local. Cresceu e superou de todos os tumultos geopolíticos e os desafios do tempo em que permaneceu em atividade.

Mas tudo começou em 1894 quando a Cooperativa de Vinhos de Vipava iniciou suas atividades com uma adega com capacidade para 6.000hl que, 70 anos mais tarde, foi elevada para 45.000hl. E em 1974, passou por sua ultima grande modernização tecnológica e aumento gradual de capacidade para 200.000hl. Desde o verão de 2017 a vinícola está sob a direção do enólogo e proprietário austríaco Hannes Sabathi que iniciou uma nova fase da cooperativa. Tudo isso leva à adega VIPAVA 1894 a maior da Eslovênia.

Um pouco mais sobre a região:

A região de Vipava é cultivada desde a época dos antigos romanos. Algumas fontes afirmam que o escritor romano Plínio, o Velho, descreve o nobre vinho de Vipava em sua obra. Naquela época, um importante eixo de tráfego da Itália à Panônia passava pelo vale de Vipava. Na Idade Média, Morelli escreve sobre uma lei do Condado de Gorica criada para proteger o vinho de Vipava na Caríntia e em outros países austríacos, para que o vinho italiano não fosse vendido com esse nome. O desenvolvimento da viticultura em Carniola é descrito por Janez Vajkard Valvasor no século XVII, no seu livro A Glória do Ducado de Carniola.

A descrição mais completa do cultivo da uva na região de Vipava foi fornecida, em meados do século XIX, pelo conhecido conterrâneo de Vipava, o padre Matija Vertovec, autor do primeiro livro esloveno sobre viticultura e vinificação - Vinificação para eslovenos, que foi publicado no ano de 1844. Ele abordou o cultivo de videira com um comportamento crítico e exploratório, e tentou explicar, da forma mais compreensiva possível, aos viticultores simples, como eles deveriam cultivar os vinhedos em determinadas condições, para obter os melhores resultados. Seu trabalho é considerado uma contribuição duradoura para a cultura eslovena.