Oferta!

Delas Syrah 2018

Todo grande vinho deveria se orgulhar de seu vinho de entrada.

A cor é um vermelho rubi profundo. O nariz revela aromas de frutos silvestres e especiarias, verdadeiramente típicos da casta “Syrah”. Na boca, groselha preta e frutas vermelhas envolvem uma fruta suave no final do vinho de muita personalidade.

Frios, churrasco, embutidos, ou peixes grelhados.

Editor Onivino

Fora de estoque

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
REGIÃO & PAÍS
RHÔNE FRANÇA
PRODUTOR
DELAS
UVA
SYRAH
SAFRA
2018

Sobre o produto

100% das uvas são desengaçadas antes da vinificação, que decorre em tanques fechados durante. Após prensagem e trasfega, a fermentação malolática ocorre em tanques. Este cuvée "Syrah" é engarrafado após mistura e uma filtração ligeira.

Em 1835, Charles Audibert e Philippe Delas compraram o Negociante de vinhos “Maison Junique” em e a rebatizaram de "Audibert et Delas". Em 1924, Henri e Florentin Delas assumiram a empresa, que rebatizaram de "Delas Frères". Eles continuaram a desenvolver o negócio de comércio e a propriedade da família, comprando um vinhedo em Châteauneuf-du-Pape e expandindo os vinhedos Hermitage para garantir uma qualidade consistente para sua produção.

Em 1945 e durante o pós-guerra, os vinhos da Delas Frères gozam de um sucesso crescente no mercado internacional. Barris de vinho estavam sendo enviados para Londres, Bruxelas, Amsterdã, Genebra e os EUA a partir de 1952.

Michel Delas (a terceira geração da família) assumiu a direção da empresa em 1960. Ela já havia conquistado a reputação de uma importante empresa de comercialização de vinhos (négociant) no norte do Vale do Ródano. Michel Delas continuou a aumentar as participações da empresa através da compra de outras vinhas. Ele também se envolveu pessoalmente com os mercados de exportação.

Em 1977, Delas Frères convidou seu amigo e parceiro comercial de exportação, Champagne Deutz, para compartilhar seus recursos financeiros e experiência.

Em 1993, Deutz e Delas Frères foram procurados pela família Rouzaud, acionista majoritário do Grupo Roederer. Eles se juntaram ao Grupo Roederer, sob cujo guarda-chuva a filosofia de Delas continuou a florescer. E em 1996, Fabrice Rosset foi nomeado CEO da Delas Frères e Champagne Deutz. Os departamentos comercial e administrativo foram fundidos e baseados nas instalações da Deutz na vila de Champagne de Aÿ. Também como consequência da fusão, a unidade de produção de Saint-Jean-de-Muzols foi foco de investimentos e renovação, incluindo a estrutura para os tanques e as caves. A gama, assim como o aspecto técnico de cada vinho foi revisto e retrabalhados.

Em Abril de 2006, a qualidade continuou a melhorar em Delas e as vinhas foram alargadas com a compra de 6 hectares e 12 hectares situados em Chassis na denominação Crozes-Hermitage. Esta nova aquisição aumentou a superfície de vinha do Domaine para 30 hectares.

 

Para comemorar o 180º aniversário de Delas Frères, o Grupo Deutz-Delas adquiriu uma nova propriedade no centro de Tain-l'Hermitage. As suas instalações técnicas de ponta serão utilizadas para vinificar as denominações da mais alta qualidade produzidas por Delas Frères e servir como vitrine com as suas salas de degustação de seus vinhos.