Oferta!

Familia Deicas Preludio Barrel Select Blanco 2019

“os melhores vinhos são aqueles em que o local domina o enólogo” – Santiago Deicas

“Este branco de Juanicó, no departamento de Canelones, é composto por cerca de 90% de chardonnay e o resto viognier. Estagiou em barricas durante dez meses, acrescido de 10% do vinho que vem de uma base de espumantes, uvas cortadas muito cedo que aqui proporcionaram muita frescor e tensão no meio de um corpo untuoso, largo na boca e generoso na boca. Sabores picantes e frutados. Um ótimo vinho, mas ao mesmo tempo muito fresco e tenso.”

93 Pts Descorchados 

Em estoque

PACK COM 6 UN 16% OFF R$ 449,00
R$379,05 (UN)
UNIDADE 11% OFF R$ 449,00
R$399,00

Características

TIPO DE VINHO
BRANCO
REGIÃO & PAÍS
CANELONES URUGUAI
PRODUTOR
FAMILIA DEICAS
SAFRA
2019

Sobre o produto

É um produto de viticultura sustentável. Para fazer o Preludio branco, as uvas Chardonnay e Viognier são cultivadas no vinhedo Juanico - Canelones, com solo argiloso calcário. A produção é gerida em torno de 30 hl por hectare. Durante o ciclo vegetativo, métodos ecológicos são favorecidos para proteger as plantas, como o uso de feromônios de confusão sexual para combater insetos em vez de usar agroquímicos.

O processo de vinificação, dirigido por Adriana Gutierrez e aconselhado pelo renomado enólogo Paul Hobbs, é extremamente minimalista. Mosto da primeira prensa vai diretamente para barris novos e usados ​​de carvalho francês e fermenta sob leveduras indígenas e nenhum produto enológico inclusive anidrido sulfuroso. Depois da fermentação o vinho recebe uma dosagem mínima de SO2, o vinho permanece entre 6 e 8 meses em barris onde são feitas batonnages para promover a interação com as lias.

Como acontece com o Preludio Tinto, o comitê de degustação faz uma seleção exigente dos melhores barris para montar o corte final do Preludio Blanco. As proporções entre Chardonnay e Viognier mudam a cada safra, embora o chardonnay domine a maioria delas.

A vinícola “Estabelecimento Juanicó” foi adquirida pela Família Deicas em 1979. Nas mãos de Juan Carlos Deicas, iniciou uma nova fase com a incorporação de novas tecnologias e investimentos em equipamentos. A primeira mudança foi reorientar a vinícola para a produção de vinhos finos. Através de um estudo sem precedentes de solos e culturas no Uruguai, descobriu-se que a região possui as virtudes similares a área de Bordeaux para o cultivo de uvas e em função disso, variedades nobres francesas foram plantadas.

Em 1997, Preludio Tinto é escolhido como o melhor vinho envelhecido da Vinitaly, com a grande medalha de ouro, sendo o primeiro vinho fora da Itália ou da França a obter esse reconhecimento. Isso projetou a imagem do Uruguai. E em 1999, esta projeção internacional da Familia Deicas viabilizou a parceria com a prestigiada vinícola francesa, Château Pape Clément. Em parceria com o Chateau, a “Gran Casa Magrez” é produzido no Uruguai.

A revista Decanter escolhe o “Extreme Vineyard Suelo Invertido” como um dos 10 "próximos vinhos ícone da América do Sul", sendo o único no Uruguai. Santiago Deicas, terceira geração da família e enólogo da vinícola, explica: “Aprendemos que os vinhos genuínos precisam de uma interpretação natural do terroir. Não podemos dar uma sensação de lugar se buscarmos a perfeição, porque podemos ser tentados a maquiar o vinho. A cada nova vinha, experimentamos várias microvinificações, e a conclusão é sempre a mesma: os melhores vinhos são aqueles em que o local domina o enólogo. Essa abordagem parece fácil, mas na verdade exige muito mais conhecimento e trabalho! ”

Em 2020, a revista Descorchados escolhe Santiago Deicas como o enólogo revelação do ano.

Cor dourada brilhante, com tons esverdeados. Apresenta um aroma complexo e agradável, com notas cítricas, flores brancas, frutas brancas e secas, sustentadas por um toque de baunilha, manteiga e chocolate branco. Na boca, o vinho é volumoso, redondo e untuoso. Seu final é persistente, graças à sua frescor e vivacidade.