Oferta!

Lupé-Cholet Chablis Premier Cru ‘Les Vaillons’ 2019

“Vaillons é um dos maiores vinhedos Premier Cru em Chablis e também onde se encontra a maior qualidade” – Editor Onivino

Quanto as frutas são em abundância e cítricas, notas de maçã verde, pêssego, lima da Pérsia se misturam com muita elegância com notas minerais.

Em estoque

PACK COM 6 UN 34% OFF R$ 999,00
R$664,05 (UN)
UNIDADE 30% OFF R$ 999,00
R$699,00

Características

TIPO DE VINHO
BRANCO
REGIÃO & PAÍS
BORGONHA FRANÇA
PRODUTOR
LUPÉ-CHOLET
UVA
CHARDONNAY
SAFRA
2019
TEOR ALCÓOLICO
12,5%
VOLUME
750ML
MATURAÇÃO
EM TANQUES DE AÇO INOX.

HARMONIZAÇÃO
FRUTOS DO MAR, OSTRAS, PEIXES, SALADA COM FATIAS FINAS DE FOIE GRAS

Sobre o produto

Das quatro denominações de Chablis “Premier Cru” talvez seja a mais dá prazer ao degustador. Digo isso porque embora a denominação mais alta seja “Grand Cru” são vinhos mais difíceis de beber e demoram muito para ficarem prontos, ficando deliciosos depois do seu décimo ano, com algumas exceções. O “Premier Cru” entrega toda a qualidade da região logo nos seus primeiros anos e continua a evoluir e mostrar todo o seu potencial. Esse vinho pode envelhecer por mais de 15 anos e continuar explodindo toda sua mineralidade e delicadeza. Como todo Chablis ele é feito com 100% uvas Chardonnay de vinhedos do prestigiado Vaillons, uma das melhores parcelas de Premier Cru. Tem 12,5% de volume alcóolico e é muito especial.

Produtor

As vinhas do Lupé-Cholet ficam ao note de Chablis e o solo é uma mistura de argila com calcário e com rendimentos baixos é um vinho muito exclusivo. A vinícola é muito preocupada com a vinificação e por esse motivo o vinho é fermentado em tanques de aço com temperatura controlada.

Cravado no coração da Bourgogne, Chablis é uma das melhores regiões de vinho branco do mundo, um dos pontos de maior sucesso da região é o solo que tem mais de 150 milhões de anos e tem uma rocha calcária e argila (marga) ricas com fóssil marinho.

Nota de prova

Espetacular cor clara, transparente e com um brilho fantástico. Isso já nos mostra um vinho com boa acidez e muita pureza. Aliás, essa pode ser a palavra para definir esse vinho, pureza. Os aromas nítidos e intensos de pedra, chuva e uma salinidade impressionam. Quanto as frutas são em abundância e cítricas, notas de maçã verde, pêssego, lima da Pérsia se misturam com muita elegância com notas minerais. Na boca é um deleite para os sentidos. Tem uma intensidade assustadora e um final muito longo. A acidez é cortante e vibra na boca fazendo acontecer muita salivação o que é excelente para harmonizar com a comida. Um vinho para grandes momentos.

Harmonização

Esse vinho pode fazer sua imaginação voar. Harmonize com frutos do mar é claro, mas pode pensar em harmonizá-lo com comida baiana, por exemplo, um bom acarajé vai ficar divino.

Outra boa combinação é com comida mediterrânea, uma bem feita bouillabaisse, uma sopa de frutos do mar francesa do sul, nem consigo descrever