mãe e filha fazendo massa caseira


É comum pensar que a origem da massa é Italiana, mas não é bem assim. Tudo bem, os italianos são os maiores produtores e consumidores desse produto no mundo e um fato é indiscutível, foram eles que popularizaram a massa como conhecemos hoje. Mas talvez você fique um pouco surpreso ao saber que a criação não é da Itália. Então, a pergunta que não quer calar: quem inventou a massa? 

A origem da massa é um assunto muito controvertido já que vários países reivindicam a paternidade. É realmente difícil de saber quem inventou esse produto de tanto sucesso, mas existem algumas teorias (que vamos mostrar a seguir). Certo mesmo é que sua criação vem de tempos muito antigos, muitos povos já preparavam de diversas formas essa mistura desde a antiguidade e tinham suas próprias receitas e formas de conservação. 

Um pouco da história da massa…

Fala-se muito que a origem da massa é na China. Recentemente foi descoberto no país, um macarrão de mais de 4000 anos, no sítio arqueológico de Lajia. Era um fio de macarrão amarelo, de aproximadamente 50 cm, feito de grão de milheto. Não era feito de farinha de cereais como atualmente, mas já representava algo parecido com o que temos hoje.

Uma outra teoria que ouvimos muito é a de que Marco Polo levou a massa à Itália, quando retornou da China, por volta de 1295. Essa teoria hoje é totalmente refutada pois receitas de massas também foram encontradas em um tratado culinário babilônico que data de 1700 a.C. Isso mesmo!! Gregos, romanos e árabes já consumiam massa muito antes da viagem de Marco Polo à China no final do século XIII.

Existem registros que durante a grande era grega, no século V a.C.  de algo chamado laganon, que eram massas cortadas em tiras, popularizadas depois por Cícero e Apicius. Apicius inclusive tinha uma receita de lagana que consistia em tiras de massa alternadas com preparo de carne. Esta receita é a origem da nossa famosa lasanha. 

produçao de massas antigamente


Ok, mas então, quem criou a massa? 

Atualmente, a versão mais aceita pelos historiadores é a do alimento árabe que foi levado para a Sicília, maior ilha italiana, no século IX d.C., quando os árabes a conquistaram. É aí que se inicia a história da massa, como conhecemos hoje.

Da massa fresca à massa seca

São as populações nômades árabes, que viviam no deserto e tinham pouca água disponível, que estão na origem da secagem de massas, para fins de conservação. Essas massas secas eram adequadas para serem guardadas por longos períodos e através de longas viagens no deserto. 

A massa, da forma que conhecemos, foi descrita pela primeira vez em 1154 pelo geógrafo árabe Idrisi como sendo uma iguaria comum na Sicília. Em 1279 (16 anos antes do retorno de Marco Polo da China), no inventário de Ponzio Bastone, um soldado genovês, já havia referência a algo chamado “Maccherone”, que pela descrição é como a nossa massa de hoje em dia. O termo macarrão vem do latim maccare, que significa bater, achatar, que é como é trabalhada a massa. Da Sicília, a massa assim preparada foi então exportada para o resto do continente. 

Em 1933, a Itália regulamentou a fabricação de massas, com padrões precisos, com a ideia de torná-la cada vez mais qualitativa. 

tipos de macarrao


A massa hoje em dia

Durante o passar dos anos, a massa foi mudando drasticamente até chegar ao que conhecemos hoje. São mais de 500 tipos: massas longas, massas para sopa, massas curtas, massas para rechear, massas recheadas. Espaguete, fettuccine, tagliatelle, talharim, fusilli, farfalle, penne, rigatoni, gnocchi, lasanha, canelone, ravioli, tortellini, agnolotti. Temos massas frescas, massas secas, massas industriais, massas artesanais… são muitas opções!

Os formatos variam para que a massa possa se adequar a vários tipos de molho, sendo as formas finas e longas ideais para molhos mais líquidos, enquanto as formas mais trabalhadas combinam com molhos mais encorpados.

macarrao com molho de tomate

Algumas curiosidades

E para finalizar, você sabia que:

– A Itália é o maior consumidor de massas da Europa. Seis em cada dez italianos comem massa todos os dias. São 23 quilos consumidos por pessoa por ano! 

– Os tomates, hoje amplamente associados ao macarrão, só foram introduzidos junto às massas no início do século XIX.O espaguete com molho de tomate, a primeira receita que se parece com nosso macarrão atual, só apareceu em 1844.

– O Brasil é o terceiro maior consumidor de massa do mundo. A introdução do macarrão em nosso país coube aos imigrantes italianos, que chegavam principalmente na região Sul no século XIX. Hoje, faz parte da nossa dieta e está presente em praticamente todas as mesas, em todas as regiões.

– Existe um dia mundial do macarrão: 25 de outubro.

Esse texto me deu até fome. E por aí? Também? Então, mangia che ti fa bene!

Por Maria Paula Almeida – Sommelière Onivino

ALGUNS PACKS QUE VOCÊ PODE GOSTAR:

Produto em promoção
Astrale Chianti + Creme de Funghi Porcini Trufado

Original price was: R$957,00.Current price is: R$534,00.

Produto em promoção

Original price was: R$894,00.Current price is: R$535,00.

Produto em promoção

Original price was: R$931,00.Current price is: R$563,00.

GANHE 10% OFF

Se inscreva para receber nossa newsletter diária e ganhe 10% off na primeira compra!

*clicando em enviar você concorda em receber nossos envios de email marketing.