Oferta!

André Goichot Bourgogne Pinot Noir 2016

A melhor região do mundo para Pinot Noir!

Uma bela surpresa esse borgonha, que sempre terá um lugar garantido na minha adega. – Editor Onivino

 

Em estoque

PACK COM 6 UN 5% OFF R$ 242,00
R$229,90 (UN)
UNIDADE 0% OFF R$ 242,00
R$242,00

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
REGIÃO & PAÍS
BORGONHA FRANÇA
PRODUTOR
ANDRÉ GOICHOT
UVA
PINOT NOIR
SAFRA
2016
TEOR ALCÓOLICO
12,5%
VOLUME
750ML
MATURAÇÃO
SEM ESTÁGIO EM CARVALHO

HARMONIZAÇÃO
BOEUF DE BOURGUIGNON, CARNE BRANCAS, PATO, SALMON GRELHADO

Sobre o produto

Vinho 100% Pinot Noir, com 12,5% de volume alcóolico e sem estágio em madeira. Essa combinação é perfeita para um vinho leve e fácil de beber. Com taninos finos mas um pouco rugoso pela juventude, esse vinho tem uma acidez deliciosa que escolta a degustação e faz o frescor do vinho lhe fazer querer mais um gole. É um vinho que pode ser bebido agora ou pode ser degustado daqui a dez anos facilmente.

Região

A região da Bourgogne é sem dúvida a mais difícil de estudar e aprimorar-se nos seus terrois e climats, mas quando o assunto é uva fica fácil porque temos a branca que na Bourgogne se sente em casa e realmente está e a uva tinta que na Bourgogne ultrapassa todas as barreiras e faz vinhos incríveis, estamos falando de Chardonnay e Pinot Noir.

A região tem muitas sub-regiões e isso dificulta para saber o máximo da Bourgogne, mas é fato que de lá saem alguns dos melhores e mais caros vinhos do mundo. O que falta na variedade de uvas sobra na variedade de micro regiões, e são elas que fazem a diferença dos grandes vinhos da Bourgogne, que em alguns casos temos vinhos que custam dez vezes mais que seus vizinhos que estão à alguns metros de distancia.

Produtor

Fundado em 1947, na Côte Beaune, a Maison André Goichot faz vinhos com uma qualidade incrível e tem uma proposta familiar, mas com olho no futuro. Esse projeto futurista é muito bem equilibrado com as tradições da Bourgogne e um relacionamento ancestral com outras famílias da região faz com que os vinhos de André Goichot passeiem muito bem por essa estrada.

Nota de prova

A cor inconfundível da Bourgogne encanta com um rubi claro e translúcido. O nariz não poderia ser diferente, sem madeira e com muito destaque para as frutas vemelha, esse Bougogne tem um volume absurdo de aromas que vão das frutas, passando cogumelos e funghi e finalizando em especiarias. A degustação sempre surpreende e as delicadezas dos taninos aliadas à acidez muito bem equilibrada fazem toda diferença. Tem um final longo, o que não era de se esperar por conta da leveza do vinho.

Harmonização

Carnes bancas e suínas formam par perfeito para esse vinho. Mas também harmoniza super bem com pato com um molho de frutas vermelha e fica especialmente maravilhoso com cogumelos, de preferência um shitake que pode ser grelhado ou incorporado em uma massa.