Oferta!

Masso Antico Appassito Primitivo 2019

Mais uma vez, o Masso Antico Appassito Primitivo é contemplado com 99 pontos por Luca Maroni. Compre antes acabar!

As uvas para este o Masso Antico Appassito Primitivo são deixadas na videira, após sua completa maturação, para que passem por um leve processo de passificação, o que proporciona maior complexidade e mais alto teor alcoólico ao vinho.

Em estoque

UNIDADE 25% OFF R$ 199,00
R$149,00

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
REGIÃO & PAÍS
PUGLIA ITÁLIA
PRODUTOR
MASSO ANTICO
UVA
PRIMITIVO
SAFRA
2019
TEOR ALCÓOLICO
14%
VOLUME
750ML
MATURAÇÃO
6 MESES BARRIS DE CARVALHO FRANCÊS

HARMONIZAÇÃO
AVES, CARNE DE VACA, CORDEIRO, MASSA

Sobre o produto

As uvas para o Masso Antico Appassito Primitivo são cultivadas usando o método de treinamento de videira, o “Alberello”. No entanto, alguns costumam chamar o método de "Goblet", que tem origens antigas e é típico da região mediterrânea da Itália. Representa uma parte importante do patrimônio cultural e enológico da Puglia.

O Masso Antico Appassito Primitivo estagia por 6 meses em barris de carvalho francês. Produzidos nas províncias de Puglia e Abruzzo, a linha Masso Antico almeja interpretações modernas dos varietais locais.

O nome deriva da antiga fazenda ou "Masseria", que já se encontrava no vinhedo da primeira propriedade da vinícola em Puglia. Nesta época, a 'Masseria', estava coberta por uma enorme e retorcida vinha velha. Desde então tornou se marca e o símbolo das raízes e apego à terra.

 

A Região da Puglia, onde nasce o Masso Antico Appassito Primitivo


Com muita história, cultura e, principalmente, belezas naturais, a Puglia é uma das regiões mais bonitas da Itália. Além disso, tornou-se uma importante rota de vinhos primorosos e mundialmente reconhecidos. Junto com as regiões de Sicília e Veneto, Puglia possui a maior produção de vinho do país, chegando a atingir a produção de 10 milhões de hectolitros por ano, em uma área de vinha que possui mais de 107.000 hectares.

Situada no "calcanhar" da Itália, a Puglia é uma área bastante plana, o que significa que as vinhas se beneficiam das brisas do mar, praticamente ininterruptas e proporciona alívio do clima muito quente do verão. A Puglia foi transformada ao longo dos anos, da região que exportava uvas para outras partes da Itália, para uma província produtora de vinho de alta qualidade, focada nas variedades de uvas indígenas.

Durante um bom tempo, a região sul italiana era famosa pela baixa qualidade dos seus vinhos. Isso porque os produtores preocupavam-se mais com a quantidade do que com a qualidade dos vinhos, produzindo-os apenas para consumo rápido. No entanto, isso mudou muito com a grande descoberta da Uva Primitivo. A partir disso, os produtores perceberam que poderiam produzir vinhos de ótima qualidade, com suas características únicas. Não tardou muito para se tornarem alguns dos melhores rótulos do país!