Oferta!

Niepoort Douro Redoma Tinto 2017

Mais um acerto de Dirk Niepoort com os seus Douro de personalidade, intensidade e finesse. – Editor Onivino

“O Redoma 2017 é uma co-fermentação de vinhedo (field blend) com uvas típicas envelhecidas durante 20 meses em grandes cubas de madeira velhas. Ele vem com apenas 13% de álcool. Não apresentando mais conteúdo” que o Vertente, mostra mais finesse. Possui textura sedosa e impressionante sustentação à fruta. A estrutura aqui também é melhor, e esse sustento faz deste tinto fresco um vinho que será um prazer de beber. É estimulante e quase nos faz salivar. Ele vai harmonizar perfeitamente com comida e envelhecer sem esforço. Você pode bebe-lo jovem, pois é muito refinado. Deixar passar alguns anos na adega seria bom, para ele e para você.”

94-96 Pts Robert Parker

Em estoque

UNIDADE 0% OFF R$ 530,00
R$530,00

Características

TIPO DE VINHO
TINTO
REGIÃO & PAÍS
DOURO PORTUGAL
PRODUTOR
NIEPOORT
UVA
BLEND
SAFRA
2017

Sobre o produto

O Redoma Tinto 2017 tem muita individualidade a oferecer, com uma esplêndida cor purpura concentrada e aromas profundamente austeros. As notas de especiarias complexas e profundas são complementadas pelas subtis notas vegetais tão típicas da casta Tinta Amarela. O seu nariz expressivo mostra também notas florais que se harmonizam de forma soberba com a mineralidade do vinho. O Redoma apresenta um bom peso na boca com uma elegância distinta graças à sua acidez firme e agradáveis notas provenientes da inclusão de pés. Apesar da juventude do vinho, já apresenta uma precisão fantástica e grande equilíbrio devido ao longo período de maturação em barricas. O final é muito longo e persistente - este é um vinho que vai certamente envelhecer muito bem na garrafa.

2017 pode ser considerado um ano perfeito para a Redoma, graças à excelente qualidade das frutas da região, com excelentes níveis de acidez e saúde.

Sem qualquer tipo de triagem especial, 100% dos cachos inteiros foram transferidos para lagares de aço inoxidável equipados com pisa mecanizada, onde maceraram por um curto período de tempo.

Por último o vinho passou por fermentação malolática em velhas barricas de madeira onde também estagiou cerca de 20 meses.

A Niepoort é uma empresa familiar independente desde 1842. Durante cinco gerações, a empresa passou com sucesso de uma Niepoort para a próxima Niepoort e, na maioria dos casos, as gerações mais velhas e mais jovens trabalharam lado a lado por um longo período.

Dirk, a quinta geração, está à frente dos negócios, desde a aposentadoria formal de Eduard Rudolph Niepoort em 2005. Dirk, nascido em 1964, descobriu o mundo do vinho durante os estudos na Suíça. Em 1987, Dirk juntou-se ao pai Rolf Niepoort nos negócios da família e foi desafiado a inovar mantendo as boas tradições. A paixão de Dirk pelos vinhos e o humilde respeito e curiosidade pelo terroir do Douro definiram o espírito do Niepoort nas últimas duas décadas e são uma inspiração e um desafio constantes para a equipe. A irmã de Dirk, Verena, ingressou na equipe da Niepoort como diretora executiva em 2005.

O que muitos não sabem é que, ao lado da família Niepoort, segue a família Nogueira. A arte do Master Blender (vinhos do Porto) também passou de geração em geração. José Nogueira foi o quarto de sua família a seguir sua arte em Niepoort, trabalhando na empresa há mais de 50 anos. Seu filho José Rodrigo ingressou na equipe em setembro de 2006 e eles trabalharam juntos até 2011. Atualmente, ele é a quinta geração da família Nogueira.