Oferta!

Claude Val Rosé 2020

“Em destaque em Vivino’s 2020 Wine Style Awards: Languedoc-Roussillon Rosé”

“O sul da França e seus encantos!”

Um rosé para beber várias garrafas nos dias mais quentes do ano.

Fora de estoque

Características

TIPO DE VINHO
ROSÉ
REGIÃO & PAÍS
LANGUEDOC-ROUSSILLION FRANÇA
PRODUTOR
DOMAINE PAUL MAS
UVA
50% GRENACHE, 30% CINSAULT, 20% SYRAH
SAFRA
2020
TEOR ALCÓOLICO
12,5%
VOLUME
750ML
MATURAÇÃO
SEM ESTÁGIO EM CARVALHO

HARMONIZAÇÃO
ASIATICO, CARPACCIOS, FRUTOS DO MAR, SALADA

Sobre o produto

Paul Mas é uma das referências dos produtores do Sul da França. Seus vinhos estão espalhados por todo Languedoc e em outros recantos da França.

É um produtor bem tradicional e faz vinhos para todos os gostos e bolsos. Tem um trabalho incrível com vinhos com bons preços e seu produto é sempre muito correto e muito bem feito. Tem uma instalação espetacular e um restaurante maravilhoso onde se prova seus vinhos juntamente com uma culinária local no coração do Languedoc-Roussillon.

Sua gama de vinhos tem uma variedade de uvas impressionante e conta com a produção de fazendeiros locais que vendem suas uvas para que Paul Mas faça os vinhos, é claro que todas essas uvas são inspecionadas pela sua equipe.

Vinho

Um rosé fresco, leve e com pouco potencial de guarda, já que é elaborado para um consumo rápido. Suas uvas são impressionantemente combinadas para um resultado impressionante e a Grenache que compõe a metade do corte é acompanhada por Cinsault e Syrah. Não passa em madeira para preservar toda sua acidez que é um ponto marcante do vinho e do seu frescor. O solo argilo-calcáreo onde as uvas são plantadas reflete a mineralidade interessante para um vinho rosé.

Nota de prova

A cor de casca de cebola já nos diz que estamos diante de um rosé mais leve. Ainda fazendo alusão com a cebola, é assim que os aromas se apresentam, em camadas. Primeiramente as camadas de fruta fresca que lembram morangos e framboesas, passando pelas cerejas e caminhando para o toque floral que é encantador. Depois vamos para os aromas minerais que dão mais frescor ao vinho. Falando em frescor chegamos à boca. A acidez é na medida certa e tem bom equilíbrio com o restante dos sabores. Tem um corpo leve e um final médio, o que te faz beber mais um gole. É sem dúvida um vinho muito fácil de beber.

Harmonização

Muito bem com comida japonesa e asiática de modo geral. Tem uma facilidade de ligar a pratos crus como carpaccios e ceviches. Vai muito bem com salmão e fica espetacular com frutos do mar.